Chá alivia dores musculares e dá energia a atletas




Bebida mistura erva-doce, canela e semente de mostarda em porções iguais.

Beatriz Castro Natal (RN)

Eles resistem aos piores esforços. Provas que duram de dez horas a seis dias. São os atletas de alta performance. Saudáveis? Sim, mas com um alto desgaste para o corpo. O esforço extremo libera no corpo os radicais livres, que aceleram o envelhecimento.

“Eu já tenho 48 anos de idade. Fazendo corrida de aventura, um esporte muito desgastante, não posso me dar ao luxo de envelhecer mais ainda”, diz o dentista Vescio Barreto.

Normalmente eles usam antiinflamatórios e suplementos para evitar dores e lesões. Seria possível substituir esses medicamentos por algo mais natural? Foi justamente um grupo de atletas que exige o máximo do metabolismo que pôde testar os efeitos de um chá de especiarias em Natal, no Rio Grande do Norte.

Durante 60 dias, um grupo de dez atletas tomou o chá. Outros dez não tomaram e serviram de controle para a eficácia da pesquisa. Mas muitos deles ficaram desconfiados.

“Eu não acreditava nisso. Tive que ver para crer”, conta o administrador Karim Barreto.

A pesquisa foi desenvolvida na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), mas o chazinho não é muito diferente daqueles caseiros: erva-doce, canela e semente de mostarda em porções iguais. Essas especiarias foram escolhidas por combaterem o envelhecimento. São ótimos antioxidantes.

“A canela é uma das especiarias mais utilizadas no mundo inteiro. Ela tem alto poder conservante. Inclusive, na época das múmias do Egito, era usada como conservante”, lembra a cientista em alimentos Ana Vládia Moreira.

Mas os pesquisadores pensaram também no gosto quando fizeram a escolha. Queriam algo que pudesse virar uma rotina.

“Quando propomos algo importante para a saúde, para não ser algo que simplesmente tomamos sem prazer, temos que pensar também no lado sensorial. E essa mistura é bastante agradável ao paladar das pessoas”, assegura Ana Vládia Moreira.

E também é um chá simples, fácil de fazer.

“O ponto ideal [da água] é quando começa a levantar bolhinhas. Você apaga e está no ponto de colocar na xícara. Com a água pronta, colocamos o sache”, ensina Ana Vládia Moreira.

A dose diária é de uma colher de chá em uma xícara de água. Ou seja, não adianta tomar um bule de chá. O necessário mesmo é uma xícara.

A pesquisa mostrou que a maioria dos atletas teve uma redução do MDA, substância que causa lesões musculares e dores. O chá ajudou a diminuir a sensação de desgaste físico depois dos exercícios.

"Eu senti que durante os treinos longos e as corridas não tinha tanta necessidade de fazer uso de antiinflamatórios", conta a zootecnista Inês Greca.

"As dores musculares que sempre vêm depois diminuíram bastante depois desse tratamento", afirma Karim Barreto.

E se foi bom para quem se desgasta tanto, Ana Vládia Moreira diz que a mistura pode ter bons efeitos no dia-a-dia de qualquer pessoa.

“Por ter papel antioxidante e antiinflamatório, ele acaba sendo universal. Onde processos inflamatórios estão presentes, como uma simples dor de cabeça ou mesmo uma cólica, ele pode vir a ter efeitos atenuantes, principalmente preventivos se a pessoa tiver o hábito de beber”, explica a cientista de alimentos.

A nutricionista Jussele Lourenço acredita que o resultado da pesquisa pode combater um grande problema entre atletas amadores: a automedicação. Eles poderiam trocar os remédios pelo chá, que pode ser consumido como qualquer outro alimento. “Um alimento que reduza o estresse oxidativo. Muitas vezes eles vão diminuir essa inflamação com automedicação”, diz.

Para quem passa a vida por matas, estradas e rios, o resultado foi animador.

“Não há um alimento por si só capaz de reverter uma doença. Há um conjunto de fatores. Cabeça boa, corpo em movimento e uma pitadinha de sabor não fazem mal a ninguém”, finaliza Ana Vládia Moreira.

Saiba como preparar receitas com especiarias

CHÁ DE ESPECIARIAS

Misture erva-doce, pedaços de canela em pau e semente de mostarda em quantidades iguais. Você pode fazer a quantidade que quiser e guardar para outros dias. Depois, para uma xícara, use uma colher de chá da mistura.

Importante: a água não deve ferver. Retire a água do fogo quando surgirem as primeiras bolhinhas da fervura (cerca de 92ºC). Deixe em infusão por três minutos e aproveite.

TEMPERO PREPARADO PELA FEIRANTE CÉLIA DINIZ DA COSTA

Ingredientes:

1 maço de sálvia
1 alho-poró
aipo
4 cabeças de alho
1 cebola
1 pimentão vermelho
alfavaca
hortelã
hortelã pimenta
alecrim
manjerona
óleo, azeite de oliva ou água para misturar

Modo de Fazer:

Ponha o alho no liquidificador. Para ajudar a bater, use um pouco de óleo, azeite de oliva, ou água. Depois, vá acrescentando os temperos, um a um, até que obter uma mistura homogênea. Em seguida, adicione uma xícara de sal, que ajuda a conservar a mistura.

GELÉIA DE PIMENTA

Ingredientes:

Atenção: Acreditamos que esta receita esteja errada. Estou entrando em contato com o globo repórter para correção. Provavelmente onde está escrito 2 quilos de pimenta, devem ser 2 quilos de açúcar.


2 quilos de pimenta
2,5 litros de água
150g de pimenta dedo-de-moça sem sementes
10g de ácido cítrico
13g de pectina

Modo de Fazer:

Coloque a água em uma panela. Acrescente o açúcar, separando um pouco para ser misturado depois com a pectina. Adicione a pimenta, que deve ser batida no liquidificador com um pouco de água antes de ir para a panela. Acenda o fogo e mexa. Depois coloque a pectina misturada ao açúcar que ficou separado. Por fim, acrescente o ácido cítrico. Deixe ferver por 40 minutos. Está pronto.

PIMENTA NO VINAGRE (receita da agricultora Leni Nörnberg)

A receita é ideal para quem gosta de pimenta mais fraca e deve ser feita com o fruto fresco. Pegue um vidro para acondicionar a pimenta e esterilize (escalde com água quente). Em seguida, coloque nacos de pimenta sem sementes. Colorida fica melhor. Cubra com vinagre. Se preferir mais forte, utilize pimenta seca e cubra com azeite.

6 -->CLIQUE AQUI PARA DEIXAR MENSAGEM<--:

  1. Onde posso comprar as sementes de mostarda?

    ResponderExcluir
  2. Amei seu blog ........Parabéns...

    ResponderExcluir
  3. sandra helena 41 anos28 de maio de 2009 10:11

    gostei muito dessa reportagem sobre especiarias, pois estou envelhecendo muito rapido, me sinto muito cansada sem fazer esforço algum qualquer esforço pequeno fico exausta . sera que esse cha melhora o meu estado.gostaria de receber resposta.

    ResponderExcluir
  4. Meu nome é Pedro Penna tenho 49 anos.
    Recebí a receita de um amigo, que já toma o chá a algum tempo. Ele convidou-me para fazer caminhadas três vezes por semana. Disse-me que o chá é energizante e realmente tira dôres musculares.
    Passei a tomar o chá que tem sabor agradável. Constatei que ele é ótimo e revigorante.
    Vou tomá-lo todos os dias!

    ResponderExcluir
  5. Este chá que alivia dores musculares e dá energia para altetas pode ser consumido por:
    Mulheres que estão amamentando.
    Pessoas idosas que fazem tratamento de diabéte.
    Pessoas que fizeram ou fazem tratamento de cancer.
    Grato pela atenção.
    wilsonlopeslima@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. o cha de erva doce mostarda e canela pode ser tomado gelado ou so quente

    ResponderExcluir

Preencha seu comentário:

Postagens populares

Postagens populares

 
Top